A Pílula do dia seguinte é o medicamento usado por meninas que tenham tido relação sexual sem preservativo (camisinha) e correm risco de uma gravidez indesejada. Muito se fala no medicamento, sobre seus efeitos, contra indicações e eficácia do remédio mas essas dúvidas muitas vezes ficam no ar sem respostas. Confira a seguir tudo que você precisa saber sobre esse medicamento.

Pílula do dia Seguinte
Pílula do dia Seguinte

Pílula do dia Seguinte

A pílula do dia seguinte é um medicamento contraceptivo usado logo após a relação sexual sem preservativos, ele age de forma que a gravidez indesejada da mulher fique inibida não vindo a acontecer.

Esse medicamento não deve ser usado com frequência, visto que ele é um contraceptivo de emergência e ele serva para controle de natalidade. Seus efeitos se usados com frequências, prejudicam os hormônios da mulher, desregulando e causando mal estar. Abaixo listamos alguns dos problemas que seu uso contínuo pode vir a acontecer:

  • Dor nas mamas;
  • Diarreia;
  • Pequeno sangramento vaginal e
  • Antecipação da menstruação.

Esses efeitos estão ligados diretamente aos efeitos colaterais causados pelo medicamento, além disso, a menstruação pode desregular por até 2 meses, voltando ao normal após seus hormônios voltarem ao normal na corrente sanguínea. Caso aconteça com você, é importante anotar o dia e as alterações que ocorreram com você para passar a seu ginecologista.

Pílula do dia Seguinte
Tire suas dúvidas sobre Pílula do dia Seguinte.

Existem diversas dúvidas pertinentes ao medicamento, listamos as principais abaixo para você aprender tudo sobre a pílula do dia seguinte:

1 – É possível engravidar após o uso da pílula do dia seguinte?

O tempo limite recomendado para o uso do medicamento é de até 72h. Caso seja tomado após o tempo indicado seus efeitos são menos precisos e isso pode vir a ser um problema quanto a sua eficácia. Se tomado no mesmo dia a chance de engravidar é praticamente “ZERO”.

2 – A pílula faz mal?

Se usada várias vezes no mesmo mês ela pode trazer riscos à sua saúde. Problemas como o câncer no útero, problemas de futuras gravidez, câncer de mama, trombose e embolia pulmonar são exemplos de problemas que pode acontecer.

3 – A pílula altera o uso do anticoncepcional ?

De modo algum. O anticoncepcional deve continuar sendo tomado normalmente. Ao final da cartela, espere até que sua menstruação desça, se não descer, procure seu ginecologista e explique o que aconteceu.

4 – Efeitos colaterais da pílula

Ela é um medicamento extremamente seguro se tomada corretamente. Não houve relatos de algum efeito colateral mais grave.

Vômitos e náuseas são problemas que pode ocorrer e são normais. A menstruação desregular também é normal. Algumas pessoas também sentem, com menos frequência, tonturas, cansaço, dor de cabeça, sensibilidade nos seios e dor abdominal.

5 – Como tomar a pílula do dia seguinte

Para que tenha o efeito esperado, use em até 72h após a relação sexual. É extremamente indicado que tome o remédio o quanto antes, para que seu efeito tenha mais eficácia. Ele pode ser tomado em qualquer ciclo menstrual e os comprimidos podem ser tomados juntos com água e alimentos.

6 – Nomes do medicamento, preço e onde comprar

– Levonorgestrel 0,75 ou 1,5 mg:

  • Diad ® → preço médio: 7 reais – caixa com 2 comprimidos de 0,75 mg.
  • Dopo ® → preço médio: 10 reais – caixa com 2 comprimidos de 0,75 mg.
  • Hora H ® → preço médio: 10 reais – caixa com 1 comprimido de 1,5 mg.
  • Neodia ® → preço médio: 12 reais – caixa com 1 comprimido de 1,5 mg.
  • Norlevo ® (Portugal) → preço médio: 10 euros – caixa com 1 comprimido de 1,5 mg.
  • Pilem ® → preço médio: 10 reais – caixa com 2 comprimidos de 0,75 mg.
  • Postinor ® → preço médio: 20 reais – caixa com 1 comprimido de 1,5 mg.
  • Pozato ® → preço médio: 15 reais – caixa com 1 comprimido de 1,5 mg.
  • Previdez ® → preço médio: 15 reais – caixa com 2 comprimidos de 0,75 mg.

Seu preço média é de 15 reais e pode ser comprado em qualquer farmácia.