WorldSkills 2015 – A  Maior competição de Educação Profissional do Mundo, realizada de 2 em 2 anos, é a maior competição mundial de educação profissional. A competição é feita com os melhores alunos de todo o mundo da sua área de atuação, selecionados a partir de olimpíadas de educação profissional realizada em seu país passando por etapas regionais e nacionais. Eles terão de usar habilidade e técnicas individuais e em grupo para passar pelas tarefas a nível internacional.

worldskills-sao-paulo-2015
Pela primeira vez a WorldSkills será realizada na América Latina em São Paulo (Foto: Divulgação)

 WorldSkills 2015 SENAI – A  Maior competição de Educação Profissional do Mundo

Dos dias 11 a 16 de agosto de 2015, irá acontecer em São Paulo, no Centro de Exposições do Anhembi. Essa será a 43ª edição do evento, é esperado mais de 1.000 competidores de mais de 72 países competirem em mais de 45 modalidades profissionais

O Brasil tem se destacado nesta competição, que é realizada de dois em dois anos desde 1950, com dois segundos lugares gerais nas edições de 2007 e 2011. A organização do evento no Brasil ficará a cargo do Serviço Nacional da Indústria – SENAI.

Em entrevista exclusiva para o Sempre Modernas, o Team Leader do SENAI, Marcelo Mendonça, fala da importância da competição para o Brasil e para os alunos do SENAI.

worldskills-marcelo-mendonça-senai-team-leader
Marcelo Mendonça team leader do SENAI em entrevista exclusiva (Foto: Divulgação)

Sempre Modernas: Como se pode resumir a participação do Brasil na WordSkills?

Marcelo: O Brasil vem participando desde 1983, mas de uma forma muito tímida. Somente a partir de 2007, na edição realizada no Japão, é que o Brasil começou a ter mais resultados positivos. A cada edição o número de participantes vem aumentando, sendo que na última, de 2013 (na Alemanha) o Brasil participou com 44 competidores.

Já na WordSkills edição Américas, realizada na Colômbia, o Brasil ficou em primeiro lugar.

Sempre Modernas: Como está a preparação dos alunos que participarão da competição no Brasil?

Marcelo: Nós estamos em processo de desempate, pois selecionamos três competidores de cada área e estamos treinando os três por igual, sendo que o resultado final, dos escolhidos, saíra ainda em janeiro.

Sempre Modernas: Quais as principais modalidades que o Brasil se destaca?

Marcelo: Em mecatrônica, desenho mecânico, fresagem, soluções de software, eletrônica, webdesign, joalheria, refrigeração e design gráfico. Esses são as que o Brasil sempre vem conquistando grandes destaques.

Sempre Modernas: No quesito moda e beleza, existe algum curso abordado no WordSkills?

Marcelo: Temos duas áreas: a tecnologia da moda e o vitrinismo. O SENAC, que também representa o Brasil como co-participante, manda cinco modalidades: cabalereiro, enfermagem, serviço de restaurante, cozinha e florista. O SENAI para a indústria e o SENAC ligada aos serviços.

Nesta edição, como será realizada no Brasil, entraremos competindo em todas as áreas, apesar de não termos tradição em todas.

Sempre Modernas: Qual a grande vantagem para o aluno competir em um evento de tal porte?

Marcelo: Excelente essa pergunta. O aluno para ser um competidor tem que ser o melhor da escola dele. Exemplo: um aluno de mecatrônica, que é uma profissão de ponta, extremamente  moderna e avançada e onde o SENAI é referência nesta área; na escola dele ele vai competir para provar ser o melhor, depois participará da competição da sua cidade, competição estadual, competirá com todos os campeões estaduais  do Brasil e por último vai competir na Wordskills maior competição de estudante, provando ser o melhor do mundo.

Então, ele passa por todo um aprendizado e a cada nova etapa ele vai recebendo novos investimentos em conhecimento, tecnologias e etc. Quando ele sai do nacional, Olimpíadas do Conhecimento,  que ele se torna o melhor do Brasil, ele passa a fazer parte da delegação brasileira para o WordSkills.

Quando chega na delegação brasileira ele terá um novo técnico (professor), que é o melhor do Brasil na área dele. Podendo ser, em alguns casos, o próprio professor dele. Sendo assim ele vai apurar mais o conhecimento dele para uma exigência a nível mundial. Também terá investimento em equipamentos e materiais de ponta para atender as exigências de um competidor a esse nível. Isso tudo para ele é um grande ganho.

Sempre Modernas: E como é o mercado de trabalho para um aluno que tem esse nível de conhecimento?

Marcelo: Só em ser competidor WordSkills ele já é desejado por várias empresas, independente do resultado que ele alcance.

Além disso, as empresas pagam muito melhor para um técnico deste nível do que um profissional graduado. A CNI (Confederação Nacional da Indústria) e a Presidência da República tem pesquisas que comprovam que a área técnica sofre uma grande carência de profissionais. Os salários, em muitos casos, são melhores para os técnicos do que para os graduados. A indústria nacional está precisando de pessoas que “botem a mão na massa”. E nesse quesito o SENAI é uma grande referência, pois o aluno já vem preparado para esse mercado e sendo um aluno WordSkills esse assédio e muito maior.

Sempre Modernas: Como será a participação do Brasil neste ano?

Marcelo: O Brasil pretende participar com 54 ou 55 alunos-competidores. Sendo que o SENAI irá com 50 e o SENAC com 5 nas áreas já citadas.

World-Skills-londres
Compeditores na WorldSkills em Londres 2011 (Foto: Divulgação)

 

Worldskills em São Paulo 2015 – Os melhores alunos do mundo

O Brasil, hoje, é uma referência na WorldSkills, ficando a frente de países como Estados Unidos,  Canadá, Rússia e Alemanha que são reconhecidamente grandes potências na formação profissional.

O evento Worldskills em São Paulo 2015 – Os melhores alunos do mundo proporciona uma grande troca de experiência entre profissionais, professores, alunos, empresários e envolvidos com a diversidade de participantes do mundo todo, enquanto alunos em idade escolar buscam inspirações nos alunos-competidores.

Boa sorte a todos os competidores e parabéns aos treinadores e todos aqueles que estão de alguma forma engajado nesse grande evento, estamos na torcida.