Viajar para a Europa é um sonho. Mas, caso você não esteja preparado, pode se tornar um pesadelo. Para aproveitar a visita da melhor maneira, confira agora dicas de 5 coisas que você precisa saber antes de viajar para algum país do continente europeu. 

Preparar a documentação com antecedência é fundamental

Assim que você chegar na imigração da Europa, precisará apresentar toda a documentação para comprar que está indo somente como turista e que não pretende ficar ilegal por lá. Sendo assim, não esqueça de: 

  • Imprimir todas as reservas na Europa OU apresentar uma carta convite de amigos e parentes no idioma local, contendo telefone, endereço, o grau de proximidade, quantos dias ficará hospedado na residência e com informações básicas sobre você;
  • Caso esteja indo para visitar parentes ou amigos, peça para que fiquem atentos ao telefone no horário da sua chegada, pois pode ser que a imigração ligue para confirmar que você está indo como turista; 
  • Pesquisar todas as informações sobre o anfitrião;
  • Separar comprovação financeira, através de cartão de crédito internacional ou dinheiro em espécie. Em média, equivale a 60 euros por dia;
  • Separar declaração de saída de dinheiro; 
  • Ter em mente que não deve mentir de maneira alguma;  
  • Imprimir reservas de passagens de avião, trem ou aluguel de carro, de maneira que fique claro a data de saída e chegada e as origens e destinos; 
  • Conferir se o país exige Certificado Internacional de Vacina e providenciar o quanto antes; 
  • Separar holerite de férias e/ou uma carta da sua empresa no idioma local comprovando sua ligação com a empresa; 

OBS: apresente somente o que for solicitado, já que mostrar “provas” em excesso pode ser visto como um mau sinal. 

Entenda sobre o Acordo de Schengen

Para viajar para a Europa, além de ter noção básica de geografia, precisa entender mais sobre o Acordo de Schegen.  O documento desenvolveu políticas de abertura das fronteiras para livre circulação de pessoas por até 3 meses (90 dias), sendo assim, é muito mais fácil circular de um país para o outro no continente. 

Fazem parte: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça. 

Contrate um seguro viagem 

Uma das exigências dos países signatários do Acordo de Schengen é a contratação de um seguro viagem no valor mínimo de 30.000 euros. O comprovante deverá ser entregue para a imigração, para que entenda que você pode arcar com possíveis despesas médicas. Sem isso, sua entrada na Europa será barrada.

Monte um roteiro que envolva “paradinha” em outros países

Como explicamos, o tratado facilita a locomoção de um país para o outro. Sendo assim, supondo que você embarcou em Portugal, pode ir para a França sem necessidade de visto ou de passar pela imigração novamente. 

Portanto, recomendamos que ao planejar uma viagem para a Europa, não se foque somente em um país. Aproveite e conheça tudo de melhor que o continente pode te oferecer. 

Compre Euro com a melhor cotação

Comprar Euro pode ser uma tarefa difícil para quem desconhece do assunto. A maioria das pessoas recorre a bancos tradicionais, sem ter a menor noção que as taxas para o tipo de serviço e o câmbio utilizado contém lucros para a instituição. Sendo assim, a melhor forma de comprar a moeda com ótima cotação é recorrer a casas de câmbio. 

A transação exige a assinatura de um contrato e a realização de o pagamento através do cartão de débito, fechando o valor com a cotação do momento. O dinheiro pode ser entregue em cartões pré-pagos ou em espécie. 

Atenção: Confira os custos de serviço para entender quanto paga de taxa e confira a possibilidade de negociar.